sábado, 31 de maio de 2014

Corrida Espírito de Aliança - A minha pequena loucura


Sábado - 17 de Maio foi o dia onde fiz a minha mais recente "pequena loucura". Pequena porque muitos de vós acharão que não é nada por aí além, e "loucura" porque nunca tinha corrido tanto num só dia, ainda que em dois momentos distintos.

Mas começemos pelo início.

PRÓLOGO:

Sexta feira à noite: É hora de preparar todo o equipamento para o dia seguinte e dormir um pouco antes do grande dia. Uma vez que ia ter que me levantar muito cedo optei por dormir no sofá, para não cordar ninguém. O problema é que antes de adormecer não tinha ligado o alarme do telemóvel.

ETAPA DA MANHÃ:

4h 15m: Acordei sem saber muito bem como, mas também não havia muito tempo para pensar nisso, pois às 4h45m tinha que estar no IST para a primeira etapa. Para ser sincero nem sei muito bem como consegui lá chegar a tempo. Ao chegar à Praça de Londres vi alguém com a camisola do Stress a correr para o local da partida. Alguém que como eu também estava atrasado. Como se impunha dei-lhe boleia poupando-lhe assim alguns metros e alguns minutos.

5h 00m: Foi dado o tiro de partida para esta prova de 100 kms, distância esta que iria ser percorria por alguns bravos, onde eu não me incluia. Eu iria fazer apenas a primeira etapa, tal como fizera no ano passado, mas desta vez iria regressar na parte final e fazer mais algumas etapas. A etapa inicial é feita dentro da cidade de Lisboa e não tem grande dificuldade, pois no percurso não existem grandes elevações e o facto de ser feita praticamente toda de noite, faz com que não esteja calor.

Tal como estava definido foi uma etapa feita em pelotão compacto, com um ritmo certo. Tive o prazer de fazer esta etapa na companhia da Ana, o que fez com que os 58 minutos da primeira etapa passassem "literalmente" a correr. Comparando com o ano passado, onde recomeçei a correr precisamente aqui, a diferença em termos de facilidade foi brutal.

Terminada a 1ª etapa era tempo de voltar para casa, deitar-me novamente no sofá e dormir um pouco.

ETAPAS DA TARDE:

À tarde era altura de fazer mais uns kms, cerca de 23 kms, que se viria a transformar em cerca de 25 kms, mas já lá vamos. 

Depois de almoçar, era altura de equipar e proteger com gaze a ferida que tinha no cotovelo (feita numa má aterragem a jogar à bola com o mais pequeno), e colocar protector solar pois adivinhavam-se mais de 3 horas debaixo de um sol quente. Parti então em direcção a Torres Vedras à procura de Castro Zambujal, que não fazia a mínima ideia de onde ficava. Chegado a Torres andei a percorrer a rota das rotundas pois perdi-me e não fazia a mínima ideia para onde ir. Não é que até não conheça Torres, mas não fazia a mínima onde ficaria Castro Zambujal.

Depois de pedir ajuda lá fui eu em direcção a Castro Zambujal e dei por mim numa estrada no meio dos montes onde em certos sítios apenas passava um carro. Estacionei o carro numa aldeia perto, de seu nome Adega e lá fui em direcção a Castro Zambujal onde seria o início. Percorridos 500 mts fui obrigado a voltar para trás pois deparei-me com um ribeiro e não queria encharcar as sapatilhas antes de começar a correr.

Antes do início da prova

Tendo sido barrado (apenas desta vez) por um ribeiro dei uma volta de quase 2 kms para chegar a Castro Zambujal, daí que os 23 kms se tivessem transformado em 25 kms. Eis então que estava no cimo de um pequeno monte, a aguardar a chegada dos participantes para que se pudesse iniciar mais uma etapa, e que seria a minha primeira das 3 etapas da tarde.

Castro Zambujal

Pouco antes das 17h, e já com algum atraso, o que é natural devido à dureza da prova e à necessidade de agrupamento dos atletas, iniciei a minha participação da tarde. Pouco mais de 1 km depois aí estava o ribeiro para ser atravessado e desta vez foi à séria, pois não se podia voltar para trás. Assim a melhor forma foi entrar de vez, sem medos. À saída do ribeiro tive que andar a tirar limos das sapatilhas e os primeiros kms depois da travessia foram feitos com banda sonora: "chop-chop-chop".

Pouco depois tive que enfrentar a primeira subida, e deixe-me dizer que era uma subida à séria. Inicialmente comecei por fazê-la a correr mas rapidamente me apercebi que que estava ao pé de mim, com mais experiência e preparação física, optava por fazer as subidas mais ingremes a andar em vez de ser a correr. Como a distância era grande (23 kms) e de certeza que iria encontrar muitas subidas assim, ou mesmo piores, optei por ir com calma, o que se veio a revelar sensato, pois ao km 20 em plena subida na Tapada de Mafra, mesmo a andar fui forçado a parar 2 vezes com caimbras.

Ao km 6  da primeira etapa houve uma paragem para agrupamento na Adega Mãe, onde houve oportunidade para os atletas conviverem entre si e recuperarem forças, sobretudo os que vinham para os 100 kms.

A prova seguiu então rumo ao Turcifal e ao Livramento, tendo mesmo passado no interior do Livramento. 

Era subir e descer, depois subir e novamente descer, e ao longo do percurso fomos encontrando diversos tipos de piso: alcatrão, terra batida, trilhos, estradões, paralelipipedos, eu sei lá. Desculpem lá eu não ter muitas fotos mas quando estou concentrado a correr esqueço-me do resto. Ao passarmos no Livramento deparámos com uma mancha do Clube do Stress que estava ali para nos apoiar e para se juntar ao pelotão para completar os últimos kms.
 Eu a chegar ao Livramento

Saímos do Livramento e voltámos a enveredar pelos pelos trilhos. Ora subíamos, ora descíamos, e lá ia indo eu orgulhoso por esta a aguentar o ritmo de um outro atleta do Stress que normalmente corre a um ritmo bem mais rápido do que eu. Assumindo que ele estaria a fazer uma prova razoável, mais lenta que o normal dele devido ao desnível, isso só poderia querer dizer que eu estava bem. 

Alguns kms mais à frente era tempo de atacar o meu abastecimento: marmelada e gel. Nessa altura fui alcançado na subida por 2 outros atletas do Stress (um deles o Bruno que estava a fazer os 100 kms) e fomos os três juntos, a andar, pois a subida era bastante ingreme. Foi nessa subida que comecei a sentir pela primeira vez caimbras nas pernas.

Nota: Não sei como é com voçês, aqueles que têm mais experiência no trail, se também fazem as subidas mais complicadas a andar. Eu optei por assim o fazer e acho que foi uma escolha acertada pois foram 3 etapas bem duras.

Pouco depois tentei novamente voltar a correr, mas sem sucesso, pelo que optei continuar a correr até ao ponto de agrupamento, que ficava junto à tapada de Mafra. Foi tempo de beber 2 garrafas de água, atacar novamente a marmelada.

Era então altura de partir para os últimos 8,5 kms. Inicialmente tinha muitas dúvidas de que conseguiria voltar a correr, mas para grande surpresa minha, quando partimos todos em conjunto, as forças regressaram às pernas e comecei a correr com relativa facilidade. A vista era espetacular pois não é todos os dias que podemos dar connosco a correr, ao entardecer, dentro da Tapada de Mafra.


A tapada de Mafra

A Tapada de Mafra

Agora a subir na Tapada de Mafra .....

 ...... rumo ao pôr do sol !!!

Depois de começar a subida, foi sempre a subir até ao fim da Tapada de Mafra. Nesta altura o grupo estava novamente dividido e eu seguia com o Nuno Pais. Depois de ter que parar mais uma vez com caimbras, consegui voltar novamente a andar e pouco tempo depois, mesmo a andar conseuia impor um bom ritmo na subiba, tendo apenas que abrandar às vezes para esperar pelo Nuno, mas este já tinha mais 12 kms de sobe e desde do que eu, feito numa altura de bastante calor. 

Ao chegarmos ao portão da tapada de Mafra deparámo-nos com o portão fechado e tivémos que fazer um compasso de espera até os militares o virem abrir. Daqui para a frente faltavam apenas 2,5 kms que foram feitos inicialmente a andar (nas subida) mas depois a correr. 

Estava a escurecer rapidamente e apesar de ter um frontal no camel back não o tirei e corríamos com o dia já bastante escuro guiando-nos apenas pelo trajecto branco que era o estradão, e que era ponteados por uns pontos luminosos à nossa volta: Pirilampos!!!   

À chegada ao Convento de Mafra foi altura de fazer novo reagrupamento que seria liderado pelos bravos dos 100 kms, e iríamos contornar assim o convento rumo à meta final. 

Depois veio o jantar dentro do convento de Mafra e o regresso a casa satisfeito com a minha pequena loucura e com a certeza que no futuro conseguiria ir mais além.

Eu e o Nuno

E aqui fica um vídeo com um pequeno resumo da Prova !




Espero para o ano poder estar de volta a esta prova.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Treinos Solidários - Entrega dos bens







A entrega dos bens recolhidos nos treinos solidários e na aula de yoga será realizada amanhã, 31 de maio, entre as 11h e as 11h15m na Rua Outeiro da Saúde, nº 12, em Setúbal. 

Quem contribuiu está convidado a aparecer se assim o entender.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Stand by !!!!!


Em modo Stand by !!!

Tempo de abrandar, avaliar e reavaliar objectivos.

Para já, e nos tempos mais próximos os treinos vão ser mais ligeiros, com menor intensidade.

Provas ???? 

Apenas a Corrida das fogueiras.  Depois logo se verá.

STRESS !!!!!!!!!!!!!!


Vou a esta prova !
Afinal não vou !!
Afinal acho que vamos (muitos) !!!
Afinal as inscrições estão esgotadas !!!!
Afinal parece que vão abrir mais !!!!!
Afinal ainda não foi hoje !!!!!!
Afinal há mais inscrições !!!!!!!
Afinal esgotaram novamente !!!!!!!!
Afinal NÃO VOU MESMO !!!!!!!!!!

FINALMENTE .......

ESTOU INSCRITO .....

....E VOU ÀS FOGUEIRAS!!!



.... mas ainda não acabou

.... mas mais não digo !!!





sexta-feira, 23 de maio de 2014

5º Treino Corro, Logo Existo (2)

 Local: Quinta das Conchas (Lumiar - Lisboa)

Dia: 24 de Maio (Sábado)

Hora: 8h e 9h 

Tipo de Treino: Treino soft, pois o organizador ainda está a recuperar as suas pernas da "pequena loucura" do passado fim de semana.

Ponto de encontro: entre as 7h50m e as 8h00m junto à entrada do Parque das Conchas (ver foto abaixo).

Procurem esta camisola:


Quem assim o entender pode contribuir para o projecto do CACO - Caminho do Coração



quinta-feira, 22 de maio de 2014

5º Treino Corro, Logo Existo


 Local: Quinta das Conchas (Lumiar - Lisboa)

Dia: 24 de Maio (Sábado)

Hora: 8h e 9h 

Tipo de Treino: Treino soft, pois o organizador ainda está a recuperar as suas pernas da "pequena loucura" do passado fim de semana.

Ponto de encontro: entre as 7h50m e as 8h00m junto à entrada do Parque das Conchas (brevemente colocarei num outro post fotos do ponto de encontro.

Tal como já referi anteriormente noutros posts, os treinos de Maio vão associar-se ao projecto da CACO - Caminho do Coração que visam a recolha de bens (ver foto abaixo) para o Lar de Crianças Órfãs e Deficientes da Nossa Senhora da Saúde (Setúbal), pelo que quem quiser está convidado a contribuir, se assim o entender.


terça-feira, 20 de maio de 2014

Treino Solidário e aula de yoga - A Crónica






Ao associar-me ao Projecto do CACO - Caminho do Coração que durante o mês de Maio está a organizar uma recolha de bens essenciais (alimentos, higiene pessoal e cuidados para as crianças e higiene do lar) para o Lar de Crianças Órfãs e Deficientes da Igreja da Nossa Senhora da Saúde (Setúbal), organizei no passado dia 10 de maio um treino de corrida e uma aula de yoga, num evento que visava assim a recolha de bens para este projecto.

Antes de mais queria aqui deixar o meu agradecimento à Associação de Pais da Escola Básica n.º 3 do Laranjeiro e ao Centro do Yoga Almada (em particular à Vanda Coelho e ao Ricardo Coelho) que desde logo me apoiaram na divulgação desta acção e na recolha de bens, que muito irão ajudar esta instituição no trabalho meritório que desenvolve diariamente apesar das enormes dificuldades financeiras.

Do treino não existe muito a dizer, apenas que éramos 2 atletas, e que enquanto decorreu a aula de yoga deu para pazer cerca de 7 kms num parque maravilhoso como o Parque da Paz, sendo que tive uma "lebre" que me levou a bater o meu record pessoal aos 5 kms.

Quanto à aula de yoga, o feedback que tive dos seus participantes é que foi uma aula muito gratificante e num cenário maravilhoso como o Parque da Paz. Não só foi possível fazer uma aula de yoga ao ar livre num ambiente descontraído como também sentir que se está a ajudar quem precisa efetivamente do nosso apoio.



O meu agradecimento inicial aos participantes na aula de yoga



E para ficarem com uma ideia de como foi a aula de yoga, aqui ficam algumas fotos, gentilmente cedidas pelo Centro do Yoga Almada.






Quanto ao resultado deste evento, posso apelidá-lo de positivo. Não será concerteza tudo aquilo que gostaríamos de dar, e por mim falo, pois se pudesse a ajuda seria IMENSA, mas sim um conjunto de bens que temos a certeza que, conjuntamente com todos os outros que venham a ser recolhidos através do Projecto do CACO - Caminho do Coração vão de facto ser uma ajuda significativa para esta instituição.

A minha contribuição



Bens recolhidos neste evento

Para além dos bens aqui mostrados foi ainda possível recolher um edredon e existem ainda alguns bens que ao longo do mês, até ao dia 31 de Maio se vão juntar a estes aumentando assim esta contribuição.

Tal como já havia anunciado aqui no blog, os treinos que vou realizar este mês estão associados a este projecto, pelo que quem quiser está convidado a aparecer e ajudar, se assim o entender.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

A "minha pequena Loucura"

Está feita !!!!

Foi este sábado que fiz aquilo que chamei de a "minha pequena loucura". 

Eu sei que para muitos dos que por aqui passam isto é apenas um aperitivo, mas para mim foi algo que nunca tinha feito até hoje.

Tudo começou pelas 5h da manhã com uma primeira etapa de 9 kms, feita em cerca de 56', para ao final da tarde, numa espécie de treino bi-diário terminar com mais 25,5 kms de verdadeiro sobe e desce, e acreditem que foi mesmo, pois até hoje nunca tinha feito subidas assim.

Ao todo foram cerca de 4h40m para percorrer os 34,5 kms.

Em breve colocarei aqui o relato do que foi este dia, apesar de não ter muitas fotos, pois em alguns momentos até a respiração atrapalhava.

 

sábado, 17 de maio de 2014

Corrida Espírito de Aliança - 17 de Maio - 12º Etapa - 18:30 Acesso Tapada – Terreiro D. João V (8,5Km, total 100Km)


.... e eis que começa a última etapa. Agora já só pára em Mafra.

Se não consegues correr..... ANDA,

.... Se não consegues andar ..... RATEJA,

.... MAS ...

.... DESISTIR ........ NUNCA !!!!

Corrida Espírito de Aliança - 17 de Maio - 11º Etapa - 17:45 Livramento – Acesso Tapada, Porta da Barroca (4,4Km, total 91,5Km)


Por esta altura a primeira já deve estar e começa aqui a segunda etapa, destas 3 últimas que me propus a fazer.

Corrida Espírito de Aliança - 17 de Maio - 10º Etapa - 16:00 Castro do Zambujal – Livramento (10,5Km, total 87,1Km)


AQUI VOU EU.... espero que não me faltem as pernas.

Corrida Espírito de Aliança - 17 de Maio - 9º Etapa - 14:20 Capela de N.ª Sr.ª do Socorro – Castro do Zambujal (11,2Km, total 76,6Km)


Corrida Espírito de Aliança - 17 de Maio - 8º Etapa - 13:00 Q.G. Wellington – Capela de N.ª Sr.ª do Socorro (7,6Km, total 65,4Kkm)


Corrida Espírito de Aliança - 17 de Maio - 7 Etapa - 11:30 F14/Alqueidão – Q.G. Wellington, Pêro Negro (11,5Km, total 57,8km)


segunda-feira, 12 de maio de 2014

As séries dão-te AAAAASAS !!!

Já tinha ouvido dizer que as séries davam maior velocidade a quem corre, até mesmo que as séries davam asas, mas só posso concluir que estou a fazer mal as séries.

Ontem estava na praceta a jogar à bola com o meu mais pequeno, quando este chutou a bola para o lado e esta se encaminhou para uma meia dúzia de degraus, longos, mais baixos. 

Ao ver que a bola ao chegar aos degraus iria ganhar velocidade (sem fazer séries) e que ele iria ter a tendência de ir atrás dela, podendo mesmo chegar à estrada, lancei a correr de onde estava (cerca de 30 mts atrás) e gritei-lhe: "LARGA A BOLA", no preciso momento em que chegava ao cimo das escadas, ao mesmo tempo que ele, mas completamente LARGADO.

O resultado foi que desci as escadas com uma bolina tal que depois destas, ao sentir as pernas "a fugir do corpo" (não sei se alguma vez tiveram esta sensação), tentei parar e não consegui começando a sentir o tronco a desiquilibrar-se para a frente. Não sei precisar mas foram 6 a 8 passadas em que me tentei equilibrar, sem sucesso, e onde só tive tempo para por as mãos à frente da cara e ESBARDALHAR-ME TODO.


Resultado: Umas calças de ganga rotas, uma t-shirt rota, as palmas das mãos ligeiramente esfoladas, um cotovelo num estado lastimável (ver foto), e pequenas mazelas na barriga, joelho e dedo grande do pé.

Quem disse que as séries DÃO ASAS, MENTIU, pois se assim fosse eu não teria ATERRADO, ou então estou a fazer alguma coisa mal nas séries.

P.S: Não esquecer de tomar RED BULL, talvez assim arranje umas ASAS e me safe para a próxima vez.

domingo, 11 de maio de 2014

Treino Solidário e aula de yoga (Hoje)






Ainda não vou fazer aqui a crónica do que foi o treino e a aula de yoga que fizeram parte do evento solidário de hoje. Essa ainda a estou a preparar.

Quero apenas dizer que no que respeita ao treino foram cerca de 7,1 kms, com duas rampas de 500 mts pelo meio, feitos em 39' 03'', o que deu um ritmo médio de 5' 28'' ao km, e com um novo RECORD PESSOAL aos 5 KMS: 26' 49''.

Qualquer dia viro queniano!!!

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Treino Solidário e aula de yoga - Caminho do Coração (3)


 

Ponto de Encontro:
 
Monumento à Paz. Entrada norte do Parque da Paz.
 
Sábado - 10 de Maio entre as 16h50 e as 17h


Esta Camisola vai lá estar. 


Procurem-na e juntem-se a ela !!! 







quinta-feira, 8 de maio de 2014

Não tens tempo para correr??? ARRANJA !!! (3)


E eis que regressou novamente a crónica "Não tens tempo para correr??? ARRANJA !!!". Começo a achar que é mais díficil arranjar tempo para correr, do que propriamente correr, .... mas enfim, com calma tudo se arranja.

Para além do trabalho, há a família, a associação de pais, as atividades dos miudos (escuteiros, karaté, natação, etc.) pelo que a janela de tempo tende a fechar-se. Ontem foi um desses dias.

Depois do trabalho havia que levar o miudo ao karaté, e às 21h tinha uma reunião das Associações de Pais.

Pouco depois das 17 saí do trabalho direito ao comboio para passar a ponte. Chegado ao "deserto" havia que ir pagar o ATL do miúdo e ainda passar pela escola. Conclusão?? Cheguei a casa em cima da hora de levar o miúdo ao karaté.

Já não havia tempo para me equipar, pelo que foi meter tudo dentro do saco de desporto e sair a "correr" (aquecimento?). Chegados ao pavilhão e com o miúdo entregue na aula, foi tempo de tratar de uma mudança de horários na natação e pagar as mensalidades. Só agora é que me ia equipar para poder treinar. 

Será que ainda vale a pena ????

Claro que vale!!!! Antes correr meia hora, do que ficar parado. E assim foi. Aquilo que estava previsto ser um treino de 1 hora, passou a um treino de 30m. 

Solução??? DÁÁÁ-LHE GÁS !!!!!

Foram 30 minutos de treino a um ritmo médio de 5'21'' ao km (bem acima dos 5'40'' que tenho feito em prova, se bem que aqui são provas de 10 kms) e cheguei mesmo a fazer 1 km em 5'06'', o que para mim é uma proeza.


Resultado: PR aos 5 kms (27'05'') bem abaixo do que fazia há 
1 ano (33' 58'').



Terminado o treino era tempo de tomar uma chuveirada e sair para a reunião das Associações de Pais. 

Jantar?? Esse ficaria lá para as 23h.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Treino Solidário e aula de yoga - Caminho do Coração (2)


Para todos aqueles que achem que a corrida não tem necessariamente que fazer bem APENAS à saúde e querem que os seus treinos possam ter um significado diferente.

Apareçam para treinar e ajudem esta iniciativa, e mesmo que tenham outros treinos para este fim de semana, ou mesmo provas, estão convidados a aparecer e a fazer uma aula de yoga para descontrair.

Se não puderem aparecer, ajudem a divulgar, pois quantos mais contribuirem, por menor que seja a contribuição, maior será a ajuda que conseguiremos dar.


Os bens angariados nesta acção serão entregues no dia 31 de Maio, e estão todos convidados a juntarem-se a esta entrega e conhecer o Lar de Crianças Órfãs e deficientes da Igreja Nossa Senhora da Saúde (Setúbal) e as irmãs. (http://pcaco.wordpress.com/missao-de-ajuda/ )

domingo, 4 de maio de 2014

Treino Solidário e aula de yoga - Caminho do Coração


No próximo dia 10 de maio vou organizar no Parque da Paz (Almada), entre as 17h e as 18h, um treino solidário com vista à recolha de bens de primeira necessidade para as irmãs do Lar de Crianças Orfãs e Deficientes na Igreja Nossa Senhora da Saúde (Setúbal).


A este evento associou-se também o Áshrama Almada - Centro do Yoga que irá dinamizar no mesmo local e em simultâneo uma aula de yoga para todos aqueles que queiram experimentar, podem fazê-lo num final de tarde e num local tão agradável como o Parque da Paz.



Deixo aqui o convite a todos para participarem neste evento, seja no treino, ou na aula de yoga, bem como para o divulgarem, por forma a que se possa conseguir a maior quantidade de bens possível.

Eu apoio totalmente a solidariedade, mas se há coisa que gosto de garantir em cada uma das acções em que participo é que esta chega ao destino a que se destina, pelo que sou muito rigoroso nas acções que apoio. Esta não é excepção pois o convite para nela participar foi-me feito por uma pessoa na qual tenho total confiança.

Apareçam, divirtam-se, ajudem ou divulguem, o importante é ajudar.

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Treino Solidário - Caminho do Coração






Tal como referi no 5º Treino Corro, Logo Existo, o qual infelizmente fui obrigado a adiar, os treinos de Maio do Corro, Logo Existo vão percorrer o Caminho do Coração (CACO) e solidarizar-se com este projecto associando os seus treinos a esta recolha de bens ……



….. porque a corrida não tem necessariamente que fazer APENAS bem à saúde.
Assim, e tal como referi na altura, o Corro, Logo Existo irá realizar no dia 10 de Maio, entre as 17h e as 18h no Parque da Paz (Almada) um treino em ritmo confortável, no qual se convida desde já os participantes a apoiar este projecto (Caminho do Coração - CACO), caso assim o entendam, uma vez que a contribuição é voluntária. 


Para participar no treino basta enviar um email para: corrologoexisto@gmail.com. 

ou inscreverem-se no Facebook

Brevemente serão divulgadas mais informações sobre o ponto de encontro e outras informações relevantes.

Para já fica aqui a apresentação do projecto:





Missão de Ajuda


Abraçámos a possibilidade de Partilhar as necessidades de quem mais precisa, oferecendo parte do nosso tempo, da nossa energia, da nossa riqueza e dedicando especial atenção às Crianças.
A concretização destas acções apenas é possível, graças à participação de todos: e todas as dádivas são grandes. O primeiro passo é seguir a vontade de Partilhar, de Oferecer, e descobrir que no Dar existe um ainda maior Receber.
Se sentirem o impulso para ajudar entrem em contacto para que possamos dar o nosso apoio: projecto.caco@gmail.com  / 96 678 01 79

Acção Atual


Retomamos no mês de Maio a Missão de Ajuda junto das Irmãs do Lar de Crianças Orfãs e Deficientes na Igreja Nossa Senhora da Saúde ( Setúbal ).
Pela segunda vez junto desta instituição levaremos uma preciosa ajuda a este conjunto de Irmãs que diariamente cuidam de crianças de zonas muito carenciadas inclusive deficientes acamadas em regime residencial e não residencial para além de apoiarem várias famílias com alimentos e outros géneros. Um trabalho extraordinário e apenas possível a um esforço humano temperado por uma imensidão de AMOR.
De acordo com as prioridades gostaríamos de conseguir vários bens e géneros que detalhamos abaixo. Continua em uso intensivo  o secador de roupa que entregámos na última Missão nesta Instituição.  E foi particularmente útil este Inverno!  (podes conhecer as anteriores Missões de Ajuda em www.caco.com.pt )
A nossa sugestão é cada um individualmente organizar-se entre família, amigos, colegas de trabalho ou escola, juntando e acondicionando os produtos e entregando-os num dos pontos de recolha abaixo. No sábado dia 31 maio iremos fazer a entrega coletiva e todos estão convidados desde já a juntarem-se e assim conhecer  o Lar e as Irmãs. Agradecemos toda a ajuda para efetuar o transporte neste dia.




Para facilitar as entregas vários amigos se disponibilizaram para serem “pontos de recolha” onde poderão entregar as vossas doações (Grande Lisboa e Margem sul ):
Cândida (Madre Deus)   -   candidamdaniel@gmail.com    *   919993773  (organização + ponto de recolha)
David (Olivais sul) – projecto.caco@gmail.com    *  966780179 (organização + ponto de recolha)
Licínia Antunes (Lisboa) -  licinia.aa@gmail.com * 911716146
Maria João  (Parede)  -    mariajoaoseica@sapo.pt    *   963066108
Pedro (Areeiro)  –  semente.pedro@gmail.com   *   911931300    (ponto de recolha)
Teresa (Costa da Caparica ) –  teresacastanheira@sapo.pt   *   960027599   (ponto de recolha)
Valter (Queluz)  -   figasvalter@gmail.com    *    966768550    (ponto de recolha)
Caso não possam fazer a entrega num destes pontos avisem-nos antecipadamente para que nos possamos articular.
Agradecemos que os produtos (principalmente os mais pequenos) venham devidamente acondicionados em caixas separados por natureza.
Não hesitem em telefonar em caso de dúvidas
Partilhem esta iniciativa, e todos juntos agradeceremos com sorrisos!

Candida e David



 
LISTA DE GÉNEROS:
PRIORITÁRIO:
Fraldas n4/5/6 de preferência marca DODOT por serem as menos agressivas
Toalhetes
Salva Camas – 60×90
Gel Banho / Shampo  para crianças
Creme Nivea
Oleo Johnson
Creme hidratante (pele seca)
ALIMENTAÇÃO:
Papas Nestum Cerelac
Papas sem latose Blendine
Leite Gordo e Meio Gordo
Leite sem Latose
ARROZ / MASSA / FEIJÃO / BOLACHAS etc
CASA:
 - produtos de limpeza (detergentes só para lavagem manual!)
- esfregonas
- Guardanapos
- Papel Higiénico
CASA OUTROS:
- Panela INOX tamanho grande (doméstica)
- Varinha Mágica (restauração/industrial)
- APARELHO COM CD e MP3 com colunas destacadas (por forma a coloca-las noutra divisão)

Acções anteriores :
Associação Samaritana – recolha e entrega de fraldas para acamados (pessoas idosas sem família e sem poder económico) ( Julho 2011 )
Associação Dê Mais Coração – Instituto do Coração (Moçambique) – Participação no Evento Portugal a Dançar (Abril 2011)

Creche/Jardim-de-infância da Fundação Maria do Carmo Roque Pereira  (Dezembro 2010) – recolha e entrega de material didactico e de apoio, electrodomesticos, brinquedos, roupas, etc.



Lar de Crianças Orfãs e Deficientes - Igreja Nossa Senhora da Saúde ( Setubal – Setembro /  Novembro 2008 ) – recolha e entrega de géneros alimentares e outros

Lar de Crianças da Obra da Imaculada Conceição ( Março / Maio de 2008 ) – recolha e entrega de géneros alimentares

O MEU AJUSTE DE CONTAS - LIVE


Porque há quem diga que uma imagem vale mais do que 1.000 palavras





Tempo de Chip: 2h 05' 56''

5º Treino Corro, Logo Existo (2)



Por imprevistos de última hora não vou poder estar presente neste treino, pelo que com muita pena minha me vejo forçado a cancelar este evento e adiá-lo.

Conto ainda em Maio, poder realizar este treino, noutro sábado, mas no mesmo horário (das 8h às 9h), no mesmo local e nos mesmos moldes.

A todos aqueles que tinham aderido ao evento, e aqueles que poderavam poder vir a fazê-lo, deixo aqui ficar as minhas mais sinceras desculpas.
Continuação de bons treinos,

Fernando Varela
Está ainda previsto existir um treino especificamente dedicado à acção de angariação de bens para o Lar de Crianças Orfãs e Deficientes na Igreja Nossa Senhora da Saúde ( Setúbal ).

Mais notícias em breve.